Pesquisar este blog

Carregando...

Páginas

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Pais e professores preocupados com a educação dos filhos e alunos participam de palestra com Psicóloga

No dia 14 de setembro esteve presente em nosso município a Psicóloga Terezinha de Ijuí que veio ministrar uma fala sobre a importância da parceria entre família e escola na educação dos sujeitos.

Em sua fala pontuou questões muito importantes, como:

-O comprometimento e responsabilidade da família na hora de educar seus filhos, bem como na questão dos limites.

-A importância da escola na educação na perspectiva de formação intelectual do sujeito.

- O quanto a fé, o amor, a amizade são sentimentos que permeiam e são essenciais para o processo educativo tanto no meio familiar como no meio escolar.

Este momento de reflexão foi de grande significado e contribuição para todos os presentes, que, ao se fazerem presentes mostraram o comprometimento que tem com a educação dos seus filhos e alunos.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Pestana “JUNTOS SEMEANDO UM NOVO AMANHÔ

No dia sete de outubro aconteceu o Dia da Família na Escola  Dr. Pestana da localidade de Rincão dos Müller.As atividade iniciaram no turno da manhã,onde os pais foram recebidos pelos seus filhos, professores e a diretora. Na oportunidade foram desenvolvidas diversas atividades de recreação que envolveu os pais alunos e professores. Destacamos: futebol de campo e de quadra,, bolãozinho,bocha, canastra,cama elástica etc.Também foi feita a entrega dos pareceres e boletins.
A Direção e Professores agradecem a presença e a colaboração de todos os pais e mães  que se envolveram nas atividades realizadas neste dia, principalmente o CPM e  o Clube de Mães.
Cama elástica.


Jogo de Bocha

Hora do almoço




 Hora do Lanche Coletivo

Semana da Criança

As escolas da Rede Municipal de Ensino de Augusto Pestana realizaram atividades diferenciadas para comemorar o dia da criança.
Uma das atividades realizadas foi uma viagem dos alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Estrelinha Dourada e da Escola Municipal de Educação Infantil Turma da Esperança que fizeram uma visita ao SESC de Ijuí.
Lá as acrianças brincaram e se divertiram, tais momentos são muito importantes para a socialização e integração entre as escolas.
Na escola Estrelinha Dourada as atividades alusivas ao dia da criança continuam:
* Dia 3: música e decoração na escola e a tarde circuito de atividades físicas na praça.
*Dia 4: dia da fantasia com desfile e a tarde pintura de rosto e cabelo maluco.
*Dia 5: cinema na escola com pipoca.
*Dia 6: oficinas com material alternativo.
*Dia 7: piquenique no SESC.
*Dia 10: dia do brinquedo, oficina literária.
*Dia 11: teatro com o grupo Pregando Peça apresentando a peça “A banda do Serafim”.
*Dia 13: cama elástica.
*Dia 14: gincana na escola.




Oficina com tinta

Oficina de desenho




Pais e professores preocupados com a educação dos filhos e alunos participam de palestra com Psicóloga


No dia 14 de setembro esteve presente em nosso município a Psicóloga Terezinha de Ijuí que veio ministrar uma fala sobre a importância da parceria entre família e escola na educação dos sujeitos.
Em sua fala pontuou questões muito importantes, como:
-O comprometimento e responsabilidade da família na hora de educar seus filhos, bem como na questão dos limites.
-A importância da escola na educação na perspectiva de formação intelectual do sujeito.
- O quanto a fé, o amor, a amizade são sentimentos que permeiam e são essenciais para o processo educativo tanto no meio familiar como no meio escolar.
Este momento de reflexão foi de grande significado e contribuição para todos os presentes, que, ao se fazerem presentes mostraram o comprometimento que tem com a educação dos seus filhos e alunos.





 

Palestra sobre “As Diretrizes Curriculares do Ensino Fundamental de 9 anos” acontece em Augusto Pestana





No dia 13 de setembro do corrente no turno da manhã, esteve no município de Augusto Pestana o Palestrante professor Diego Tormes que é também presidente a nível de estado da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME). Diego fez sua fala voltada às Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino de 9 anos.
            Durante sua fala Diego esclareceu as várias dúvidas existentes acerca da não retenção nos 3 primeiros anos do Ensino Fundamental, colocando quais as perspectivas futuras para esta novidade no processo educativo escolar.
            Estiveram presentes professores e gestores da Rede municipal e Estadual de ensino (em especial os que trabalham com os anos iniciais do ensino fundamental).

BOAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS MELHORAM APRENDIZADO E INCENTIVAM O HÁBITO PELA LEITURA


Desde cedo é que nossas crianças devem começar a se interessar pela leitura e escutar histórias, pois isso irá ajudá-las a se desenvolverem, comunicarem e se expressarem melhor.
      A literatura infantil desenvolve não só a imaginação das crianças, mas também permite que se coloquem como personagens das histórias e expressem suas próprias idéias.
      É na sala de aula e também em casa que devemos apresentar os diversos livros às crianças, acreditando que elas aprendem de forma criativa, prazerosa e significativa, além de despertar o gosto pela literatura infantil.
      É preciso oferecer a criança oportunidade de leitura no seu dia - a - dia para que ela cresça com o hábito de ler.
      Foi pensando nisso que a professora Geisa, daTurma do Maternal da Escola Municipal Educação Infantil Turma da Esperança no município de Augusto Pestana, está desenvolvendo o Projeto SACOLA LITERÁRIA, onde nesta sacola contém dois livros que as crianças levam para casa, e os pais são convidados a lerem as histórias para seus filhos, usando muita imaginação, criatividade e também devem registrar em um caderno como foi ao momento da contação de história. No dia seguinte, na sala de aula, a criança relata para a turma como foi esta experiência em casa com os pais.
     Portanto, quanto mais lermos para as crianças e oportunizarmos momentos de leitura, mais estaremos contribuindo no desenvolvimento infantil, seja ele cognitivo afetivo e social.
                                   "A criança e a literatura infantil compartilham da mesma natureza,
                                    ambas são lúdicas, mágicas e questionadoras e essas afinidades
                                    fazem com que seja a literatura infantil o mais poderoso aliado
                                    do professor e da criança pela vida afora, na busca da compreensão
                                    do mundo e do ser humano". (Frantz, 1997).


ESCOLA PAPA PAULO VI REALIZA FESTA CAMPEIRA.


Na última sexta-feira, dia 23 de setembro de 2011, os alunos juntamente com os professores tiveram uma programação especial alusiva a Semana Farroupilha na escola, integrando alunos do Pré Escolar ao 5º Ano do Ensino Fundamental, cultivando assim as Tradições do Gaúcho.
 Na animação da tarde se fez presente a Srª. Lurdes Everling fazendo um Show de Músicas tradicionais do gaúcho com a sua gaita, teve também a participação de um casal do CTG Porteira do Cadeado para mostrar às crianças como se dança as músicas que o gaúcho gosta: valsa, vaneirão, rancheira,... Teve também apresentações artísticas dos alunos da escola, como faz parte da tradição do gaúcho aconteceu também a laçada da “Vaca Parada” no pátio da escola, também fez parte da festa o cavalo encilhado trazido por um pai de uma aluna da escola o Srº Nelson Ulrich na oportunidade todos os alunos puderam dar uma volta para saber como se anda a cavalo. E, como não podia faltar, teve a tradicional churrascada que foi assada por Seu José Manoel Schmidt e o Profº Edson Teodoro e servido para as crianças durante a tarde.
Na festa não faltou animação a gaiteira tocou música a tarde inteira, tinha muita dança, brincadeiras envolvendo a tradição gaúcha e também não faltou a tradicional “Mateada” o chimarrão, a bebida preferida do gaúcho. As crianças entusiasmadas com a festa tomavam em rodinha um gostoso chimarrão, a maioria das crianças estavam vestindo a pilcha do gaúcho e da prenda para mostrar que devemos valorizar e preservar a cultura gaúcha não só na Semana Farroupilha, mas sim todos os dias.